O câncer é um ser vivo.

 POEMA: O CÂNCER É UM SER VIVO.

 Parte 1. O câncer é um ser vivo.

O câncer é um ser vivo,
Pequenino,
Ora grande,
Que pode estar doidamente dentro de você.

cn
Imagem: Pixabay

 

Porém não tenha medo do hospedeiro,
Se o invasor ameaçar os órgãos e tecidos
De seu precioso ser.

Ameaça não haveria,
Se o tumor estivesse enjaulado no zoológico,

Como bicho em extinção,
E não como estranho monstro,
Que ninguém vê
.

O carocinho é um ser vivo,
Que cresce nos dias lindos de sol,
Chuva ou inverno.
Reproduz-se como lavoura,
Infelizmente bem dentro de você.

Não tenha medo do bichinho,
Se a esperança não for pequena.
Caso não seja grande,
Esquente-se sob a intensa luz do sol,
Até um dia a estrela se tornar uma bola de gelo.

O nódulo é um ser vivo,
De cérebro psicopata,

Pois interage com seu corpo,
Savana preferida,
Onde reina como um animal.
Somente para destruir você.

O bichinho é um ser vivo,
Que não tem critério de beleza.
Olhos pretos, azuis, verdes.
Pele clara ou morena.
Não é preconceituoso como você.
Quer devorar todas as vísceras,
Peles e tudo o que for parte de você.

 Parte 2. O câncer é um ser vivo.

O bicho é realmente cruel.
Parece arma,
Que está em todo o lugar.

É maior do que qualquer leão.
Devora mais do que a anaconda ou tubarão branco.
Tudo para destruir você.

O câncer é o animal mais terrível da face da Terra,
Porque prefere os labirintos,
Que você talvez conheça,
Lá do fundo do seu ser.

O câncer só quer crescer, crescer.
Crescer é o seu norte.
Ambição que começa bem pequena.
Depois prolifera,

Sem ninguém perceber.

Não tenha medo do câncer,
Que te ver como uma savana.
Ele não escolhe olhos lindos,
Lábios enfeitados pelo batom.
Nem quem tem dinheiro ou cabelos sedosos.
O câncer é um mistério que olho nu não vê.

O câncer é um ser vivo,
Que impõe medo de morrer.
De mãos dadas, porém, resta a esperança,
De prendê-lo no zoológico,
Como animal em extinção,
Para nunca mais dali possa fugir.

O câncer poderia morar apenas no horrível pesadelo,
Se os olhos não cobiçassem o diamante dos olhos,
Que é a felicidade.
O câncer é a própria infelicidade,
Para impedir uma existência breve,
Que já é tão breve.

©‎O câncer é um ser vivo. Poema de Bomani Flávio 

“Bastidores do poema: Visitava minha cidade natal,
Barreiras, no oeste baiano, nordeste do Brasil, em meados de janeiro de 2018,

quando tomei ciência de mortes recentes de mulheres,
vítimas do câncer.”

 

Clique aqui para curtir a página no facebook

Clique aqui para curtir a página no instagram

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: