Longevidade é viver mais do que muitos.

  POEMA: LONGEVIDADE É VIVER MAIS DO QUE MUITOS.

Parte 1. Pequena história da longevidade.

 

Longevidade, quem vive, conta uma história,

Que caberia em uma, duas, três ou muitas certidões de nascimento.

Como tivesse começado o caminho de Matusalém,

Quem viveu mais do que todos.

Em época bem remota.

Bem sei.

 

Pois antes de Cristo,

Lá nos primórdios dos patriarcas,

Vivia-se até mil anos.

Isso é viver mais do que todos.

 

E o que é a longevidade?

Longevidade é viver mais do que muitos.

Poucos existem para contar.

Todos, com pouca exceção,

Sonham em alcançar

Como uma seta que indica para aonde ir,

A longevidade vira um convite para começar.

longevidade
Imagem: Pixabay

 

Quem vai passar dos cem,

Cento e vinte,

Duzentos ou trezentos anos?

Igual à idade de Matusalém?

Igual a Adão, a Noé

E tantos outros?

Eles não estão aqui

Para contar.

Os segredos,

Talvez eles apenas podem revelar.

 

Longevidade é viver mais do que muitos.

Quem vive,

Talvez não queira contar.

Talvez, nas estatísticas, escondido queira estar.

 

Longevidade é viver mais do que muitos.

Receita simples.

Mais do que ir à academia,

Para malhar.

Mais do que suar

Em maratona.

Comida magra,

Sem gordura,

Talvez.

 

Parte 2. Pequena história da longevidade.

 

Longevidade é viver mais do que muitos,

Bem além de uma pretensão.

Simplesmente acontece.

Como aconteceu com Maria,

Maria Olímpia da Bahia,

Que tem 111 anos,

De muita idade.

longevidade

 

Eis o relato de Maria,

Maria Olímpia da Bahia,

Que viajou de cavalo,

Da Bahia a Mato Grosso

(Quase dois mil quilômetros):

““Aprontei demais”

“acho que é por isso que estou vivendo mais que todo mundo”.

 

Parte 3. Pequena história da longevidade.

 

Longevidade é aprontar na vida.

Talvez seja o que muita gente quer.

Mas aprontar na vida,

Seja lá o que seja,

Viver uma vida ativa,

É um caminho a querer

E a buscar.

 

Longevidade é viver mais do que muitos.

É sentir um pouco o que Matusalém,

Adão ou Noé viu.

É ver a vida passando.

Muita gente caindo.

Cidades sendo construídas ou destruídas.

Guerras ocorrendo.

Desastres acontecendo.

Tempo mudando,

De tempos em tempos.

Reis e presidentes sendo substituídos.

E você ali de pé.

 

Longevidade é viver mais do que muitos.

Bem encantador e esquecido.

A longevidade,

Inteligência que poucos tem,

Será comum,

A partir de agora?

Bem mais do que os 111 anos de Maria?

Superar os 120 anos,

Como limitou a divindade

No fantástico livro do Gênesis?

 

Longevidade é viver mais do que muitos

E começa com o aprontar!

Longevidade é viver mais do que todos,

Mas a preciosidade passou da terra para o mar.

No presente, só a baleia do ártico pode gozar.

 

 

Brasília, DF, Brasil, 26 de janeiro de 2018.

 

©‎A longevidade é viver mais do que muitos. Poema de Bomani Flávio

—***—-

 

Clique aqui para entender porque o poema
“LONGEVIDADE É VIVER MAIS DO QUE MUITOS” foi escrito.

—***—-

<

Clique aqui para curtir a página no facebook
Clique aqui para curtir a página no instagram

 

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: