Terra nova, terra velha. Tudo é motivo de guerra.

POEMA: TERRA NOVA, TERRA VELHA.

 

Parte 1 – Motivo de guerra.

Terra nova, terra velha.

Às vezes terra vermelha.

Todo mundo quer pedaço de terra.

Não importa se tenha serra.

Terra nova, terra velha.

Tudo é motivo de guerra.

motivo de guerra
Imagem: Pixabay

 

Assim, desde que nasci,

Haja conflito assim por terra.

Guerra na Síria ou no Iraque.

Guerra em tantos lugares.

A lista é enorme,

Em razão da guerra.

 

E sempre terá aquele pano de fundo.

Qual seja, pedaço de terra.

Ambição que não resta dúvida.

É valioso cada pedaço de terra.

 

Por que precisa-se morrer,

Por pedaço de terra?

Pode ser que a própria terra fique sem terra.

Mas um dia ela será implacável,

Pois levará a todos para dentro da terra.

 

Terra nova, terra velha.

Ainda há muita gente sem terra.

O povo curdo não tem terra.

Seja na velha, seja na nova terra,

Todo mundo quer pedaço de terra.

 

De tanto se buscar por terras,

Daqui alguns anos não se terá pedaço de terra.

Terra nova, terra velha.

Tomara que isso não aconteça,

Porque temo por outros motivos de guerra.

A terra do meu e do seu coração.

Elas seriam motivos para tanta deterioração?

Tomara que não seja para exploração.

 

Terra nova, terra velha. Poema de Bomani Flávio. 

 

Clique aqui para curtir a página no facebook
Clique aqui para curtir a página no instagram

 

 

 

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: