Quebre a tristeza no amanhecer.

POEMA: QUEBRE A TRISTEZA NO AMANHECER.

Parte 1 – Tristeza.

Se não consegue arrumar o anoitecer,

Quebre a tristeza no amanhecer.

Insignificante se esteja no silêncio da praia,

Na calmaria de um rio ou onde possa estar.

Quebre a tristeza no amanhecer.

Verá que a essência da vida é arrumar o anoitecer,

Que é a base do acontecer.

tristeza
Imagem: Pixabay

 

Tristeza, ódio, pavor, mágoa, medo, violência.

Tudo que acontece precisa ser resolvido no anoitecer.

De preferência no início do escurecer,

Para o fardo do dia não atingir o amanhecer.

 

Assim, destruir a mobília da casa para se recompor,

Maldizer pela falta de sorte na vida,

Xingar com toda a força a quem ama,

Envenena demasiadamente o corpo, o ser.

Bagunçará sobremaneira o precioso anoitecer,

Além de levar o fardo do dia presente para o posterior.

 

Se estiver com dificuldade para arrumar o anoitecer,

Quebre a tristeza no amanhecer.

Muitas coisas somente se quebram nos primeiros raios do querer.

Ninguém sabe do porquê.

É o querer, o eterno querer,

Que pode bagunçar o anoitecer.

 

São tantos querer, na vida do ser.

Imagine levar toda essa carga,

Para o curto anoitecer.

O que poderá acontecer?

Simplesmente arrebentar o ser.

 

O anoitecer é pedra preciosa.

Diamante grátis para o rico e o pobre.

Se o sol gira para o dia.

O sol também gira para a noite.

Os giros do sol são para arrumar o ser.

 

Se o ser não se recompor,

Estilhaçará igual a vidro.

Quando cair no chão,

Ninguém saberá do porquê.

Parte 2 – Tristeza.

O ser é um vidro de porcelana,

Carne por fora.

Vidro por dentro.

O ser precisa aproveitar bem o anoitecer,

Caso contrário, se estilhaçará sem tocar no chão.

Venha sol,

Venha chuva,

Quebre a tristeza no amanhecer. 

 

Arrumar o anoitecer é remédio com poderoso princípio ativo.

Quem não aproveita o anoitecer com prazer,

Não conseguirá rejuvenescer a alma do querer.

 

Arrumar, arrumar.

Sempre o arrumar está presente na vida do ser.

Se não conseguir arrumar o anoitecer,

Perderá a noção do querer.

 

Quebre a tristeza no amanhecer.

Bendiga por existir.

Abra a boca para dizer que é feliz.

Jogue os medos, o pavor, no colo de alguém.

Não saia de casa sem dizer que consegue.

Verá que a essência da vida é arrumar o anoitecer,

Que é a base do acontecer.

 

Quebre a tristeza no amanhecer,

Talvez assim possa haver equilíbrio,

Entre o anoitecer e o amanhecer.

Esta é a essência do viver tranquilo.

Arrumar-se para não arrebentar o ser.

 

Brasília, 01 de outubro de 2018.

 

Quebre a tristeza no amanhecer. Poema de Bomani Flávio.  

 

Clique aqui para curtir a página no facebook
Clique aqui para curtir a página no instagram

 

 

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: