Liberte a pessoa amada de Makapi.

POEMA: LIBERTE A PESSOA AMADA DE MAKAPI.

 

Parte 1 Pessoa amada.

 

Em Makapi está a pessoa amada.

Lugar errado, pois, para aprisionar.

Liberte a pessoa querida,

Da prisão que é um terror.

Dizer que ama enriquece o contato.

Ficar calado surge dúvida no amor.

Tudo que gera dúvida vai para um terrível lugar,

Que se chama Makapi.

Terra atrás dos olhos.

Prisão que gera o desamor.

pessoa amada
Imagem: Pixabay

 

Lugar difícil para habitação,

Por causa de tudo que acontece lá.

 

Ali, pois, tudo pode acontecer.

Desconfiança mútua,

Celulite que cresce na perna,

Diálogos desencontrados.

Xingamentos que destroem a libido.

 

Se tudo pode distorcer os olhos,

Distorce mais ainda o amor,

Provocados pelo carcereiro do desamor,

Que age sem dó.

 

Liberte a pessoa amada,

Da duvida e do terror.

Fale palavras de amor.

Esqueça as de terror.

 

E se a timidez atrapalhar,

Diga a palavra mais simples,

A mais trivial de todas,

Eu também te amo.

 

Isso destrói Makapi.

Quanto mais falar,

Mais forte será o amor.

Quanto menos falar,

Mais visível Makapi,

Tão assombrador

Para a pessoa amada.

 

Brasília, 23 de janeiro de 2019.

 

Liberte a pessoa amada de Makapi. Poema de Bomani Flávio.

 

Clique aqui para curtir a página no facebook

Clique aqui para curtir a página no instagram

 

 

 

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: